Educação avança com nova Gestão

0

 

A educação é o futuro da nação e o investimento correto faz toda diferença. Por esta razão o prefeito Fabrício Viana tem priorizado tanto está área para que Paranã tenha uma educação de qualidade.

Segundo o secretário de educação, Silvio Santana Ribeiro, mesmo com os diversos problemas encontrados, como goteiras nas salas, faltas de vidros nas janelas, ventiladores e bebedouros sem funcionar os avanços já são percebidos.

“Estamos colocando vidros nas salas de aula, comprando ventiladores, entre outras ações. Outra realidade que pode ser destacada é que em todas as antigas gestões os prefeitos faziam questão de manter o Fundo da Educação em suas mãos. A primeira coisa que o prefeito fez foi transferir este fundo para a educação que por sinal não tinha ainda um CNPJ. A maturidade administrativa dele me surpreendeu. Hoje a secretaria tem recursos próprios, dando assim segurança para que o dinheiro seja aplicado de maneira correta e exclusiva pela educação”, disse.

Silvio relembra que os diversos problemas encontrados na secretária de educação.

“Os ônibus escolares estavam todos estragados quando assumimos. Foi uma luta árdua levar as crianças para as unidades escolares porque não poderíamos permitir que elas fossem prejudicadas. No almoxarifado da escola não encontramos nenhuma resma de papel. Na despensa, só havia um pacote de fubá de milho.  Como se pode ver um total descaso”, disse.

Outra denúncia feita pelo secretário refere aos documentos do censo escolar que estavam totalmente divergente da real situação.

“Este Censo é necessário para que todos os benefícios do FUNDEP- Fundo de Desenvolvimento Educação Básica possa custear a educação dessas crianças. Estamos solucionando todas estas questões, outra realidade que é necessário ser mensurada diz respeito à conclusão de quatro escolas que estão com as obras paradas. Mas já estamos dando os primeiros passos para a conclusão destas obras”, destaca.

O secretário adiantou ainda quais serão as ações para o ano que vem. “Para longo prazo queremos monitorar os ônibus escolares com GPS, com isto o devido suporte será oferecido quando um ônibus sofrer algum problema. Pretendemos ainda oferecer aos educadores cursos administrativos e financeiros, isto sem dúvida ajudará nos trabalhos desenvolvidos”, finalizou.

Monik Helen Gomes de Sousa.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade