Paranã realiza a 4ª Conferência Municipal de Assistência Social

0

 

“Juntos poderemos analisar o que já foi feito e traçar os novos rumos para o desenvolvimento do nosso município. Vamos juntos construir uma nova História”, com estas palavras a Secretária de Assistência Social, Silmara Ribeiro explicou o objetivo da 4ª Conferência Municipal de Assistência Social de Paranã que aconteceu nesta quarta-feira, 14, no Colégio Estadual Desembargador Virgílio de Melo Franco e segue até o final do dia.

O evento contou com a presença da secretária estadual de Trabalho e Assistência Social (Setas), Patrícia do Amaral, do vice- prefeito, Edilton Brito Chaves, autoridades políticas, entidades de assistência social, e comunidade em geral, principalmente os beneficiários do bolsa família.

Durante a Conferência, os alunos do Projeto Social de Capoeira, “Criança Feliz”, os idosos do projeto “Melhor idade” e o grupo Mulheres em ação realizaram apresentações culturais.

A importância da Conferência Municipal foi destacada pela gestora da Setas, Patrícia do Amaral. “Para mim foi uma boa surpresa ser agraciado com estas apresentações é isto que a assistência social se propõem, ao fortalecimento de todas as nossas ações. Queremos uma assistência social forte que possa garantir um futuro digno com bom trabalho, educação e saúde. Estamos prontos para ouvi-los, qual nossa maior falha e grandeza, tenho certeza que os nosso anseios serão atendidos”, destaca

Palestras

Após a leitura do regimento interno da Conferência e submetida a plenária para votação os palestrantes Wilmar Francisco Sousa e Maria Najila Praigida  explicaram sobre o tema geral do encontro  e conduziram também os debates.

Conferência
Na etapa municipal das Conferências, cada localidade deve sugerir dez ações para serem desenvolvidas pelo Município, seis pelo Estado e quatro pela União. No evento também devem ser eleitos quatro delegados, dois do governo e dois da sociedade civil, para representarem o município na Conferência Estadual que acontecem em Palmas no mês de outubro. Os delegados municipais apresentarão e defenderão suas propostas na etapa estadual e após aprovação essas propostas serão levadas para a Conferência Nacional que acontece em Brasília, em dezembro.

 

Monik Helen Gomes de Sousa.

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.


Acessibilidade
Acessibilidade